Padre do Santuário Perpétuo Socorro se despede de Curitiba depois de 11 anos na cidade

Compartilhe:

O prefeito Rafael Greca acompanhado do vice-prefeito Eduardo Pimentel, recebeu em seu gabinete a visita do Padre Celso Vieira da Cruz, que está se despedindo de Curitiba após 11 anos de dedicação à cidade. Crédito da foto: Ricardo Marajó/SMCS
O prefeito Rafael Greca acompanhado do vice-prefeito Eduardo Pimentel, recebeu em seu gabinete a visita do Padre Celso Vieira da Cruz, que está se despedindo de Curitiba após 11 anos de dedicação à cidade. Crédito da foto: Ricardo Marajó/SMCS

No último dia 19, o prefeito Rafael Greca recebeu em seu gabinete a visita do Padre Celso Vieira da Cruz, que está se despedindo de Curitiba após 11 anos de dedicação à cidade.

“O Padre Celso deixa uma legião de amigos na cidade, eu entre eles. Todos somos encantados com o trabalho dele. Ao recebermos sua visita de despedida nosso coração fica apertado”, disse Greca.

O Padre Celso, que foi reitor no Santuário do Perpétuo Socorro, assume nova missão redentorista em Mato Grosso do Sul, passando a se dedicar ao Santuário da Imaculada Conceição na cidade de Nova Andradina.

O prefeito Rafael Greca acompanhado do vice-prefeito Eduardo Pimentel, recebeu em seu gabinete a visita do Padre Celso Vieira da Cruz, que está se despedindo de Curitiba após 11 anos de dedicação à cidade. Curitiba, 19/12/2022. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

“Só venho agradecer a todo o apoio que recebi da Prefeitura ao longo desses anos. Fomos sempre muito bem atendidos”, comentou Padre Celso.

O prefeito ainda lembrou da recuperação miraculosa que o Padre Celso teve, após ser entubado durante a pandemia do novo coronavírus, e presenteou o padre com uma réplica de um quadro de Caravaggio.

Durante a visita, o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Tico Kusma, entregou uma Moção de Congratulação e Aplauso ao Padre Celso pelo trabalho realizado na cidade.

Também estiveram presentes no encontro o vice-prefeito Eduardo Pimentel; o Padre Willian Adriano Goiris, do Santuário Perpétuo Socorro; e os paroquianos José Luis de Oliveira Negrine e Heliane Boaventura.

Relacionados

Edição Impressa