PONTO DE PARADA OBRIGATÓRIA

Compartilhe:

Atualmente, a Igreja do Portão continua sendo um dos principais pontos de referência do bairro.
Atualmente, a Igreja do Portão continua sendo um dos principais pontos de referência do bairro.

Tropeiros paravam no Portão por causa de fiscalização. Hoje quem passa pelo bairro decide parar porque encontra lá tudo o que precisa.

Predominantemente residencial e um dos bairros mais populosos de Curitiba, o Portão chama atenção com seus 40 mil habitantes distribuídos pelos 5,7 km² de perímetro. A origem do bairro é bastante curiosa: caminho no deslocamento de mercadorias na época dos tropeiros, o local virou um posto de fiscalização que tinha uma grande cerca de contenção, daí veio o nome Portão.

Igreja do Portão foi construída em 1907, no lugar do Cine Guarani.
Igreja do Portão foi construída em 1907, no lugar do Cine Guarani.

O grande marco da evolução do bairro situa-se no fim do século XIX, em torno do transporte de madeira e erva-mate. Com efeito, em 1893, a estrada de ferro que ligava Curitiba a Paranaguá foi prolongada pelo interior até Ponta Grossa, passando pela região onde hoje é o bairro do Portão, dando origem à cancela ferroviária.

O bairro possui localização privilegiada, bem no centro geográfico de Curitiba, tornando fácil o deslocamento para outras regiões da cidade. Ele dá o nome à Regional que engloba seus bairros vizinhos: Fazendinha, Novo Mundo, Água Verde, Santa Quitéria, Vila Izabel, Guairá, Lindóia e Fanny.

O comércio local é bem variado. Na Rua República Argentina, por exemplo, é possível encontrar lojas de departamentos, de móveis e de decoração. A presença de diversos Shoppings e Supermercados evitam o deslocamento de seus habitantes até o Centro da cidade para comprar qualquer coisa.

Um dos pontos de referência do bairro é a Paróquia Senhor Bom Jesus do Portão. Tradicionalmente conhecida como Igreja do Portão, ela foi construída em 1907, no lugar do Cine Guarani, que hoje encontra-se no Museu Municipal de Arte, o MuMA. O Portão também abriga a Escola Municipal João XXIII, a primeira escola municipal de Curitiba, inaugurada em 1963.

No Portão há diversas opções de cultura e lazer para agradar a públicos de diversos estilos, como o Portão Cultural – um complexo mantido pela Fundação Cultural de Curitiba, onde pode ser encontrado o MuMA, o Cine Guarani, o Auditório Antônio Carlos Kraide, a Casa da Leitura Wilson Bueno e um Centro de Arte Digital.

Por: Jeniffer Oliveira

Relacionados

Edição Impressa