UPA DE PINHAIS FAZ APROXIMADAMENTE 300 ATENDIMENTOS POR DIA

Compartilhe:

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pinhais já realizou mais de 800 mil atendimentos desde que foi inaugurada em 2013. Nesta semana, a prefeita Marli Paulino e a vice-prefeita Rosa Maria, juntamente com a secretária de Saúde, Adriane da Silva Jorge Carvalho, visitaram a UPA e, anunciaram que a unidade ganhará um aparelho de raio-x, para que a população não precise sair do local para realizar exames. “Instalamos um novo aparelho no Hospital Municipal e agora estamos instalando um exclusivo aqui nesta unidade, pensando em melhorar cada vez mais o atendimento à nossa população”, disse a prefeita, Marli Paulino.

Dos atendimentos realizados diariamente pela UPA de Pinhais, cerca de 50% são de outros municípios. “Nós temos esta unidade de pronto atendimento como retaguarda para nossas unidades de saúde. São cerca de 300 atendimentos por dia e cerca de 9 mil mensais. Tivemos a inauguração da UPA de Piraquara há cerca de um mês, que diminuiu um pouco da demanda, mas o número de atendimentos continuam altos e ainda atendemos diversos pacientes de cidades próximas”, comentou a secretária de Saúde.

A vice-prefeita, Rosa Maria, disse que a saúde é sempre uma preocupação da gestão. “Estamos sempre em busca de melhorias na área da saúde para atender a nossa população. Já avançamos, mas sabemos que temos um longo caminho para percorrer”, concluiu a vice-prefeita.

UPA x Unidades de Saúde

É importante compreender que a UPA é uma unidade de atendimentos de urgências e emergências. Quando há situações de pacientes graves, com risco de morte ou lesão permanente ou, ainda situações em que se requer atendimento rápido a fim de evitar complicações, ou pacientes com dificuldades respiratórias, convulsões, dor abdominal e no peito, pedras nos ris são situações de atendimento na UPA.

Já vacinas, consultas e exames de rotina, troca de receitas, retirada de pontos, troca de curativos e sondas, verificação de pressão e glicemia, dores crônicas, são situações atendidas nas unidades de saúde.

Médicos nas unidades

Com o término do Mais Médico, do Governo Federal, Pinhais vem perdendo gradativamente os profissionais que integravam o programa. Pelo fato do município não estar nos critérios para aderir ao novo programa proposto pelo Governo, a prefeitura de Pinhais abriu um novo concurso com objetivo de substituir estes profissionais nas unidades. “Temos a necessidade de organizar nossas unidades de saúde, estamos finalizando o processo de chamamento dos profissionais do concurso e a homologação será no dia 20 de novembro. Isso ajudará a agilizar o atendimentos nas unidades, que tem sofrido com falta desses profissionais”, afirmou Adriane.

Relacionados

Edição Impressa